Sou sortudo.

Durante as últimas três décadas conquistei os melhores clientes do mundo dos negócios, em 17 países, 8 idiomas.

Desde Abraham Kasinski, Norberto Odebrecht passando por dezenas de fábricas de excelência como Freios Vargas, as 5 maiores montadoras de automóveis do mundo, as maiores aéreas, enfim 80 das 100 maiores somente no Brasil. 

Na verdade aprendi ganhando. Sou sortudo.

Entre os meus clientes gênios movidos a paixão e razão, Roberto Vidigal repetia: “Paulo, nada é pior do que um burro com iniciativa”. 

Ele abominava decisões estúpidas que causavam prejuízos. Ele sofria em conviver com pessoas que se comportavam como se soubessem fazer tudo, mas sem saber quase nada, agiam e provocavam prejuízos. 

Meu amigo querido Stephen Kanitz diz que nosso problema não é identificar ou criar soluções erradas, mas sim, antes disso identificar o problema errado. 

Aí criamos uma solução para um problema que não é “o problema”. 

Lembro que, por não termos os anos de estudos mínimos, não sabemos tratar os assuntos mais complexos.

Levantamos as paredes do Maracanã, mas na hora de esticar as lonas com contrapesos na cobertura precisamos trazer os alemães. 

Para os cálculos das estruturas do submarino, precisamos dos franceses. Dependemos para o pensamento complexo, sempre de outros que estudaram mais.

São centenas ou milhares de exemplos. Aí onde você trabalha terá vários exemplos com certeza. Mesmo que seja o software inteligente que você usa. Se Israel não criasse se o WAZE, estaríamos procurando os caminhos.

A pandemia apenas deixou o nosso nervo exposto. Acelerou o colapso. Se os “podres” de ricos, que estudaram mais, estão sofrendo atrasos e falhas de logística, imagine nós, que estudamos menos e estamos brigando entre nós, dentro do avião em queda? 

Os nossos políticos são um desastre. A nova geração não conteve seu próprio ego. Se auto destruíram.

São incapazes de uma aliança em prol da nação. Aliás nem em prol deles próprios. 

Sobre a  velha geração basta olhar em detalhes para o norte do País. Sugaram o sangue. 

Sobre a esquerda que nunca foi esquerda, quando chegaram ao poder roubaram até deixar o mundo todo perplexo. 

São os burros com iniciativa no comando da nação…É nesse cenário que estamos esperando a vacina.

Os detalhes de transporte, agulhas, geladeiras, aplicadores treinados, e socorro para as eventuais complicações, …moleza. 

Como disse o especialista em logística  que ocupa o cargo de Ministro da Saúde: ‘Vamos surpreender e ultrapassar o mundo’. 

jornalista@paulosergiorosa.com

Último livro de Rosa; a disposição no link: http://pensandojuntos.com/olidersemcerebro/

 

Pensando Juntos

A Pauta do Amanhã

Antever cenários, identificar oportunidades, e apontar caminhos inovadores para gerar qualidade de vida, é a nossa missão

Sou sortudo.

Durante as últimas três décadas conquistei os melhores clientes do mundo dos negócios, em 17 países, 8 idiomas.

Desde Abraham Kasinski, Norberto Odebrecht passando por dezenas de fábricas de excelência como Freios Vargas, as 5 maiores montadoras de automóveis do mundo, as maiores aéreas, enfim 80 das 100 maiores somente no Brasil. 

Na verdade aprendi ganhando. Sou sortudo.

Entre os meus clientes gênios movidos a paixão e razão, Roberto Vidigal repetia: “Paulo, nada é pior do que um burro com iniciativa”. 

Ele abominava decisões estúpidas que causavam prejuízos. Ele sofria em conviver com pessoas que se comportavam como se soubessem fazer tudo, mas sem saber quase nada, agiam e provocavam prejuízos. 

Meu amigo querido Stephen Kanitz diz que nosso problema não é identificar ou criar soluções erradas, mas sim, antes disso identificar o problema errado. 

Aí criamos uma solução para um problema que não é “o problema”. 

Lembro que, por não termos os anos de estudos mínimos, não sabemos tratar os assuntos mais complexos.

Levantamos as paredes do Maracanã, mas na hora de esticar as lonas com contrapesos na cobertura precisamos trazer os alemães. 

Para os cálculos das estruturas do submarino, precisamos dos franceses. Dependemos para o pensamento complexo, sempre de outros que estudaram mais.

São centenas ou milhares de exemplos. Aí onde você trabalha terá vários exemplos com certeza. Mesmo que seja o software inteligente que você usa. Se Israel não criasse se o WAZE, estaríamos procurando os caminhos.

A pandemia apenas deixou o nosso nervo exposto. Acelerou o colapso. Se os “podres” de ricos, que estudaram mais, estão sofrendo atrasos e falhas de logística, imagine nós, que estudamos menos e estamos brigando entre nós, dentro do avião em queda? 

Os nossos políticos são um desastre. A nova geração não conteve seu próprio ego. Se auto destruíram.

São incapazes de uma aliança em prol da nação. Aliás nem em prol deles próprios. 

Sobre a  velha geração basta olhar em detalhes para o norte do País. Sugaram o sangue. 

Sobre a esquerda que nunca foi esquerda, quando chegaram ao poder roubaram até deixar o mundo todo perplexo. 

São os burros com iniciativa no comando da nação…É nesse cenário que estamos esperando a vacina.

Os detalhes de transporte, agulhas, geladeiras, aplicadores treinados, e socorro para as eventuais complicações, …moleza. 

Como disse o especialista em logística  que ocupa o cargo de Ministro da Saúde: ‘Vamos surpreender e ultrapassar o mundo’. 

jornalista@paulosergiorosa.com

Último livro de Rosa; a disposição no link: http://pensandojuntos.com/olidersemcerebro/

 

16 jan 2021 - jornalista@paulosergiorosa.com