Com o controle CRISPR, a vida será muito melhor e o mundo será muito melhor.

Com a tecnologia CRISPR, além de modificar o “DNA” identificando a informações  genéticas,  causadoras de doenças e substituí-las antes que causem as doenças, muitas outras questões e mesmo doenças graves, poderão ser tratadas, evitadas, alteradas e ou definitivamente curadas.

Planos de saúde poderão vender esse serviço, mantendo você saudável, para continuar pagando e não deixando você morrer logo para diminuir os custos, como parece se vê hoje nos países sem governo decente.

Além do mais, você poderá encomendar características. Cor de olhos é fácil. Um de cada cor, seria diferente.

Mas que tal 4 braços ao invés de dois. Calma, seu erro imediato é achar que dois braços são melhores que 4.

Embriões podem ser programados para serem “super” em tudo. Aí tem uma longa e importante conversa ética.

Aliás, se você pensou em monstro, está discriminando antes de existir. Assim, não é possível nem conversar. Tudo que é diferente é monstruoso? Claro que não!. Não estamos falando de doenças, mas sim de escolhas. Importante respeitar  o diferente, pois em poucos anos “ele(a)” será encomendado(a), é estará lendo, escrevendo e almoçando ao mesmo tempo, com as 4 mãos e será muito mais competitivo que você, …e ficará com seu emprego.

Sabe por que? Por que você não previu, e não se adaptou.

Esse vídeo, abaixo,  do Fantástico,  explica direitinho o CRISPR.

 

Pensando Juntos

A Pauta do Amanhã

Antever cenários, identificar oportunidades, e apontar caminhos inovadores para gerar qualidade de vida, é a nossa missão

Com o controle CRISPR, a vida será muito melhor e o mundo será muito melhor.

Com a tecnologia CRISPR, além de modificar o “DNA” identificando a informações  genéticas,  causadoras de doenças e substituí-las antes que causem as doenças, muitas outras questões e mesmo doenças graves, poderão ser tratadas, evitadas, alteradas e ou definitivamente curadas.

Planos de saúde poderão vender esse serviço, mantendo você saudável, para continuar pagando e não deixando você morrer logo para diminuir os custos, como parece se vê hoje nos países sem governo decente.

Além do mais, você poderá encomendar características. Cor de olhos é fácil. Um de cada cor, seria diferente.

Mas que tal 4 braços ao invés de dois. Calma, seu erro imediato é achar que dois braços são melhores que 4.

Embriões podem ser programados para serem “super” em tudo. Aí tem uma longa e importante conversa ética.

Aliás, se você pensou em monstro, está discriminando antes de existir. Assim, não é possível nem conversar. Tudo que é diferente é monstruoso? Claro que não!. Não estamos falando de doenças, mas sim de escolhas. Importante respeitar  o diferente, pois em poucos anos “ele(a)” será encomendado(a), é estará lendo, escrevendo e almoçando ao mesmo tempo, com as 4 mãos e será muito mais competitivo que você, …e ficará com seu emprego.

Sabe por que? Por que você não previu, e não se adaptou.

Esse vídeo, abaixo,  do Fantástico,  explica direitinho o CRISPR.

 

19 jan 2016 - jornalista@paulosergiorosa.com